Por que, depois de saber o que é DEX, sua definição de negociação mudará?

O comércio tem sido uma prática antiga, facilitando a troca de bens e serviços ao longo da história. Com o advento das tecnologias digitais, o comércio expandiu-se para o domínio das criptomoedas. Estes ativos digitais oferecem oportunidades e desafios únicos nos mercados financeiros globais.

Mas você já ouviu falar sobre DEX? e como isso muda completamente o jogo comercial.

A troca criptográfica descentralizada (DEX) é um mercado de criptomoedas sem uma autoridade central. Ele permite a negociação direta entre indivíduos usando contratos inteligentes em uma rede blockchain. Em uma DEX, você tem controle total sobre seu dinheiro digital e ninguém pode impedi-lo de fazer negociações. Esta abordagem é mais transparente, acessível e segura em comparação com os métodos de negociação tradicionais.

Ao eliminar intermediários, os DEXs permitem que os indivíduos se envolvam em transações peer-to-peer, revolucionando a forma como negociamos criptomoedas.

Exchange Centralizada vs Exchange Descentralizada

Quando se trata de negociação de criptomoedas, existem dois tipos principais de exchanges: exchange centralizada (CEXs) e exchange descentralizada (DEXs).

Então, o que é uma troca centralizada e o que é uma troca descentralizada

As trocas criptográficas centralizadas (CEXs) operam sob o controle de uma autoridade central, o que as torna fáceis de usar com uma ampla gama de recursos. No entanto, também representam riscos de segurança e podem comprometer a privacidade do utilizador.

Por outro lado, ao utilizar a tecnologia blockchain e contratos inteligentes, as bolsas descentralizadas permitem a negociação direta entre pares, ao mesmo tempo que enfatizam a segurança e a autonomia do utilizador, eliminando a necessidade de intermediários.

Como isso muda as regras de negociação tradicionais?

Ele usa uma tecnologia chamada blockchain, que é como um grande livro-razão digital que todos podem ver e ninguém pode alterar injustamente. E quanto aos contratos inteligentes em exchanges criptográficas descentralizadas? Se suas condições forem atendidas, as negociações serão executadas automaticamente. Isso significa que não há intermediário.

Os DEXs funcionam de maneira um pouco diferente dos mercados normais. Eles usam um método chamado Automated Market Maker (AMM). Isso significa que eles usam uma fórmula para determinar quanto custará uma moeda. Em um DEX, os usuários podem reunir suas moedas para ajudar outros a negociar. Esses usuários que ajudam podem ganhar algumas taxas ou tokens em troca.

Quais são os benefícios potenciais de usar um DEX?

Segurança: Em uma DEX, você tem controle sobre suas moedas, portanto está protegido contra hackers que possam tentar roubar da exchange.

Privacidade: a maioria dos DEXs não precisa saber quem você é ou onde mora. Isso pode ser ótimo para pessoas que desejam manter suas negociações privadas.

Sem permissão: qualquer pessoa com conexão à Internet pode usar um DEX, não importa onde more. Isto torna mais fácil para qualquer pessoa comprar e vender moedas, mesmo que viva num local onde não existem muitos bancos ou serviços monetários.

Inovação e Diversidade: A exchange descentralizada de criptomoedas está sempre tentando coisas novas. Eles geralmente têm mais tipos de moedas para negociar e novas maneiras de lucrar mais com suas negociações.

Mas as vantagens são realmente interessantes, mas quais são as desvantagens, esse sistema é realmente perfeito?

Quais são algumas desvantagens potenciais?

Usabilidade: DEXs podem ser difíceis de usar se você não estiver muito confortável com a tecnologia. Você precisará de uma carteira digital e entender coisas como contratos inteligentes e taxas de gás.

Risco de contrato inteligente: DEXs dependem de contratos inteligentes para facilitar transações, que podem ocasionalmente conter bugs ou vulnerabilidades, expondo potencialmente os usuários ao risco de perder suas moedas se esses problemas forem explorados.

Deslizamento de preço: Se você fizer uma grande negociação em uma DEX, o preço poderá mudar muito e você poderá não obter o preço que esperava.

Falta de rampas de acesso Fiat: DEXs geralmente negociam apenas entre diferentes tipos de moedas digitais, e não com dinheiro normal, como dólares ou euros. Para usar um DEX, geralmente você já precisa ter alguma criptomoeda.

Como você interage com um DEX?

Para usar um DEX, você precisará de uma carteira digital para guardar suas moedas e fazer negociações. Aqui estão as etapas básicas:

Configurar carteira: Obtenha uma carteira digital que funcione com o DEX que você deseja usar. Esta carteira mantém suas chaves privadas seguras.

Conectar carteira: Vincule sua carteira ao DEX. Normalmente você tem que dizer “OK” na sua carteira para fazer isso.

Transferir fundos: Mova algumas criptomoedas para sua carteira. Você precisará disso para fazer negociações e pagar taxas de transação.

Começar a negociar: Agora você pode começar a negociar. Você escolhe a moeda que deseja negociar e a moeda que deseja obter, insere o valor e diz 'OK' para a negociação.

Em resumo, as exchanges descentralizadas (DEXs) representam um aspecto revolucionário do mundo criptográfico, mudando a forma como negociamos ativos digitais.

Construídos com base na tecnologia blockchain, os DEXs capacitam os indivíduos, fornecendo um mercado sem intermediários com benefícios como segurança aprimorada, privacidade e acesso sem permissão. A inovação e diversidade dentro dos DEXs permitem aos usuários explorar uma ampla gama de moedas e opções de negociação.

No entanto, é importante considerar as potenciais desvantagens, incluindo desafios de usabilidade, riscos de contratos inteligentes, volatilidade de preços e falta de rampas de acesso fiduciárias. Ao usar DEX, é importante ter uma carteira digital, compreender os processos subjacentes e abordar a negociação com cautela.

Em última análise, embora os DEXs ofereçam oportunidades interessantes, é importante fazer a devida diligência e negociar com responsabilidade.

Conclusão

Em resumo, as bolsas descentralizadas (DEXs) oferecem maior segurança, privacidade e diversas opções de negociação. No entanto, as desvantagens incluem desafios de usabilidade, limitações de liquidez, problemas de velocidade de transação, riscos de contratos inteligentes, falta de acessos fiduciários e incerteza regulatória.

Apesar destes desafios, as DEXs continuam a ser uma alternativa interessante para os traders. Compreender essas desvantagens e praticar a negociação responsável é fundamental ao interagir com DEXs neste ecossistema dinâmico e em evolução.

Avalie o artigo

Postagem anteriorComo a criptomoeda está motivando o desenvolvimento de ideias de negócios do futuro
Próxima postagemAbra seu caminho para a fama criptográfica: participe de nosso concurso de redação e aumente o reconhecimento de sua empresa

Se você tiver alguma dúvida, deixe seu contato e entraremos em contato com você

Simplifique sua jornada criptográfica

Quer armazenar, enviar, aceitar, apostar ou negociar criptomoedas? Com o Cryptomus tudo é possível — cadastre-se e gerencie seus fundos de criptomoeda com nossas ferramentas úteis.

comentários

0

Configurações de cookies e impressões digitais

Usamos cookies e impressão digital do navegador para personalizar conteúdo e publicidade, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise, que podem combiná-las com outras informações. Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies e impressão digital do navegador.

Usamos cookies e impressão digital do navegador para personalizar conteúdo e publicidade, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise, que podem combiná-las com outras informações. Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies e impressão digital do navegador.