Como funciona uma tecnologia Blockchain: tudo o que você precisa saber em palavras simples
banner image
banner image

Mesmo que hoje em dia todos tenham ouvido falar de blockchain pelo menos uma vez, nem todos sabem como funciona. Neste artigo, explicaremos o que é a tecnologia blockchain em palavras simples.

O que é tecnologia Blockchain?

Então, o que é a tecnologia blockchain em termos simples? Blockchain geralmente definido como uma tecnologia avançada de banco de dados. Todos os dados armazenados são públicos e facilmente verificados. Todos os blocos estão conectados entre si. Compartilhe o acesso com seus parceiros de negócios confiáveis e eles receberão as mesmas informações sobre a transação em ordem cronológica. O acesso à rede é proibido para usuários não autorizados. É um livro-razão imutável para muitos propósitos.

Quais são as vantagens do Blockchain

A tecnologia Blockchain traz muitos benefícios. Existem os principais:

➜ Segurança avançada
Blockchain usa os três princípios de criptografia, descentralização e consenso para criar segurança aprimorada. Não existe um ponto único de falha e um único usuário não pode alterar os registros da transação.

➜ Maior eficiência
A transparência e os contratos inteligentes no blockchain tornam as transações entre empresas mais rápidas e eficientes.

➜ Auditoria mais rápida
Com o Blockchain, os registros ficam disponíveis para todos os participantes e sempre ordenados por horário, o que torna o processamento da auditoria muito mais rápido.

Desvantagens do Blockchain

As desvantagens também estão presentes:

➜ Escalabilidade
Ao contrário das suas contrapartes centralizadas, as blockchains têm escalabilidade limitada. Quanto mais nós participarem, mais lenta será a transação.

➜ Armazenamento
Os livros-razão Blockchain têm o potencial de se tornarem extremamente grandes com o tempo. O tamanho dos blockchains parece estar crescendo mais rápido do que o tamanho dos discos rígidos, e a rede pode perder nós se o livro-razão ficar grande demais para os usuários baixarem e armazenarem.

➜ Segurança
Blockchain oferece maior segurança do que outras plataformas. No entanto, isso não significa que seja totalmente seguro.

➜ Privacidade
Apesar de anônimos e criptografados, todos os nós da rede têm acesso aos dados em uma blockchain pública acessível a todos.

➜ Uso de energia
O consumo de energia do Blockchain é muito alto devido à mineração.

➜ Chaves Privadas
A dependência do Blockchain de seus usuários é uma limitação – se as chaves forem roubadas, não há outra maneira de o usuário acessar seus fundos.

➜ Imutabilidade de dados
A imutabilidade dos dados também pode ser uma desvantagem. Se alguém usar uma plataforma digital baseada em blockchain, não poderá apagar seu registro.

➜ Custo
Manter uma cadeia é simplesmente caro.

Como o Blockchain é usado em criptomoeda

Criptomoeda e blockchain são inseparáveis. Basicamente, Blockchain é a base da criptografia. Ele ainda permite a existência de criptomoedas e quase todos os serviços criados para gerenciá-las. Graças a isso, a venda, a compra e a negociação de criptografia estão disponíveis para nós.

Eventualmente, o desenvolvimento do blockchain é impulsionado por criptomoedas porque a criptomoeda depende de sua rede. Porém, o Blockchain não é usado apenas para fins financeiros – muitas outras soluções inovadoras são baseadas na tecnologia blockchain.

Como funciona a tecnologia Blockchain

O complexo mecanismo do blockchain pode ser explicado pelas seguintes etapas:

1. Registre a transação
O registro mostra o processo detalhado de movimentação de ativos de uma parte para outra. Os dados do blockchain contêm todos os detalhes sobre a transação, incluindo quem esteve envolvido nela, a hora, data, local e valor da transação, etc.

2. Obtenha consenso
No início da rede, os participantes devem concordar que a transação registrada é válida.

Como funciona a tecnologia Blockchain 3. Vincule os blocos
Depois que os participantes chegam a um consenso, as transações são escritas em blocos. Esses blocos estão interligados com o hash. Por causa do hash, a adulteração de dados é facilmente detectada, pois o valor do hash muda quando os dados estão sendo modificados. Os blocos são vinculados de forma segura e cada bloco adicional fortalece a verificação do bloco anterior.

4. Compartilhe o livro-razão
A última cópia do livro-razão é compartilhada com todos os participantes.

História do Blockchain

Os cientistas Stuart Haber e W. Scott Stometta descreveram a tecnologia blockchain em 1991. Eles pretendiam criar uma ferramenta para carimbar documentos digitais com data e hora para evitar adulterações. Eles desenvolveram um sistema de cadeia segura.

Posteriormente, as árvores Merkle foram integradas à tecnologia, tornando a cadeia mais estruturada pela capacidade de conectar vários documentos em um bloco. Ele armazena muitos blocos de dados, cada um fazendo parte do anterior. O registro mais recente contém todo o histórico de registros. Embora a tecnologia não tenha sido utilizada.

Em 2004, o sistema de Prova de Trabalho Reutilizável foi introduzido por Hal Finney como um protótipo para dinheiro digital. O sistema funcionou recebendo uma moeda não fungível baseada em Hashcash como recompensa. Então, o token poderia ser transferido entre usuários.

Em 2008, Satoshi Nakamoto elaborou a teoria do razão distribuído. Ele modificou o sistema blockchain melhorando seu design. O design que ele desenvolveu ainda está sendo usado para armazenar dados de transações criptográficas.

Tipos de Blockchain

Existem quatro tipos de estruturas de blockchain: Tipos de Blockchain

1. Blockchains públicos
Em termos simples, esse tipo de blockchain geralmente é caracterizado por não ter restrições – qualquer pessoa pode ingressar, ler, escrever, revisar e baixar o protocolo a qualquer momento. Muitas vezes há ofertas de incentivos para validadores.

A grande comunidade de participantes mantém-na protegida de questões de segurança cibernética, pois quanto mais participantes, mais segura é a blockchain. As blockchains públicas são completamente descentralizadas para que todos os nós possam criar novos blocos e validá-los.

No entanto, é impossível alterar os dados já colocados na cadeia – o blockchain é imutável. A principal desvantagem desse tipo de blockchain é que a validação tende a levar tempo.

2. Blockchains privados (ou gerenciados)
Blockchains privados são muito mais rápidos em comparação com os públicos, que são fornecidos por nós participantes menores. O acesso público é restrito, apenas a autoridade central determina quem pode ser um nó. Esses blockchains são parcialmente descentralizados e controlados por uma única organização. Por isso, direitos iguais não são concedidos a todos os participantes.

A desvantagem é que as cadeias gerenciadas são mais vulneráveis à fraude.

3. Blockchains de consórcio (ou federado)
Os Blockchains Federados raramente são focados em criptomoedas e muitas vezes são organizados para outros projetos baseados em blockchain. Essas cadeias são governadas por grupos de organizações. Apenas participantes pré-selecionados são aceitos e cada um deles tem igual poder. Cada participante será verificado previamente e excluído pelos demais participantes em caso de ações maliciosas.

É bastante difícil constituir consórcios, pois requer a cooperação entre várias organizações, o que pode levar a desafios logísticos.

4. Blockchains híbridos
Blockchains híbridos são controlados por uma única organização, mas com capacidade de comunicação com todos os acionistas. As qualidades que partilham com as blockchains privadas tornam-nas capazes de atingir baixos custos de transação, uma vez que são necessários apenas alguns participantes para validar. A natureza mista proporciona acesso controlado e liberdade ao mesmo tempo. A arquitetura dos blockchains híbridos é totalmente customizável e as regras podem ser alteradas a qualquer momento.

Privacidade e segurança do Blockchain

Embora o Blockchain seja conhecido por ser uma tecnologia segura, ainda existem algumas desvantagens esperando para serem melhoradas.

As transações armazenadas no blockchain não são criptografadas, portanto todos têm acesso a elas. Isto pode ser problemático, pois pode levar a problemas regulatórios e legais em alguns casos. A solução é criptografar essas informações, mas se a chave for perdida, não há como descriptografá-la corretamente. Um problema maior pode surgir se a chave for roubada.

No entanto, o blockchain também pode ajudar a melhorar a segurança cibernética. Problemas como ataques MITM, adulteração de dados e ataques DDoS são evitados com sucesso com a ajuda do blockchain.

Exemplos e casos de uso de Blockchain

A aplicação da tecnologia blockchain é diversa, vejamos alguns exemplos:

• Transferência de dinheiro
Os aplicativos de transferência de criptomoedas tornam a transferência de dinheiro mais fácil, rápida e barata, especialmente quando se trata de transações internacionais.

• Contratos inteligentes
É como nossos contratos regulares, mas não é necessário um intermediário. Isso economiza tempo e dinheiro para as empresas.

• Internet das Coisas (IoT)
A Internet das Coisas abre uma nova era de eletrodomésticos inteligentes. Controle sua geladeira, aspirador robótico ou até mesmo cafeteira a qualquer distância. A propósito, a tecnologia Machine Learning é extremamente útil nesse caso. Uma casa inteligente habilitada com blockchain e algoritmos de aprendizado de máquina é facilmente monitorada e pode ser ajustada de acordo com preferências pessoais.

• Segurança de identidade pessoal
Proteja-se contra fraudes de identidade mantendo seus dados pessoais em um livro-razão de blockchain descentralizado.

• Assistência médica
As soluções Blockchain podem reduzir os custos de saúde ao implementar a tecnologia para coletar e compartilhar informações privadas dos pacientes entre profissionais da área médica.

• Logística
As empresas de transporte marítimo estão usando tecnologia para gerenciar a cadeia de suprimentos, rastreando-a em todo o mundo usando a tecnologia blockchain.

• Tokens não fungíveis (NFTs)
Graças ao blockchain, os consumidores podem agora reivindicar a propriedade exclusiva de alguns dos ativos digitais mais desejáveis.

• Governo
A tecnologia é utilizada para armazenar documentos governamentais, o que melhora significativamente a eficiência do trabalho burocrático. Também pode ser usado para tornar as eleições mais simples.

• Meios de comunicação
Para evitar que suas peças de mídia sejam roubadas, você pode tokenizá-las usando a tecnologia blockchain.

Para concluir

No artigo discutimos o que é o blockchain, como ele foi criado e para que o blockchain pode ser potencialmente usado. Em uma frase, o blockchain tem muitas aplicações, não apenas em finanças, e o desenvolvimento do que podemos fazer usando a tecnologia é muito revolucionário. Espero que você tenha aprendido algo novo!

Avalie o artigo

Postagem anteriorComo comprar criptomoeda online com cartão de crédito
Próxima postagemDiferença entre uma carteira criptografada e uma exchange

Se você tiver alguma dúvida, deixe seu contato e entraremos em contato com você

banner image
banner image

Simplifique sua jornada criptográfica

Quer armazenar, enviar, aceitar, apostar ou negociar criptomoedas? Com o Cryptomus tudo é possível — cadastre-se e gerencie seus fundos de criptomoeda com nossas ferramentas úteis.

comentários

0

Configurações de cookies e impressões digitais

Usamos cookies e impressão digital do navegador para personalizar conteúdo e publicidade, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise, que podem combiná-las com outras informações. Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies e impressão digital do navegador.

Usamos cookies e impressão digital do navegador para personalizar conteúdo e publicidade, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise, que podem combiná-las com outras informações. Ao continuar a utilizar o site, você concorda com o uso de cookies e impressão digital do navegador.